sábado, 8 de agosto de 2009

yelow


-Oi, filhota. E daí, tirou a tal foto na escola?
-Sim.
-E ficou legal?
-Ficou bem legal, mãe. Mas a mulher é louca.
-Que mulher filha?
-A que bate as fotos.
-Não fala assim. Cada pessoa tem um jeito.
-Mãe, ela mandou sentar num tronco, colocar as pernas no outro e as mãos em cima dos joelhos.
-Pra fazer uma pose bacana, filha.
-Eu também pensei, mas depois ela mostrou a foto, e só aparecia o nosso rosto.
_______________________________

Completamente sem assunto. Vontade apenas de dividir a sensação boa que o calor desse dia ensolarado traz.

Que ele não passe despercebido.

Que esse sol delicioso, faça minguar a histeria do "não tem mais jeito" e do "tá fora de controle". Aproveitemos pra respirar fundo e melhorar nosso olhar.

É impressionante como a mudança de ângulo de onde se olha, pode alterar uma paisagem.
_______________________________
PS.: Olha pra isso. Eu não to louca, né? Meu lanche de ontem tava mesmo tentando me dizer algo, nénão?


_______________________________



TRILLHA SONORA. Fala sério, vai. Pulaê!



"Atirei-me ao mar
Mar de gente onde
Eu mergulho sem receio
Mar de gente onde
Eu me sinto por inteiro...

Eu acordo com uma
Ressaca guerra
Explode na cabeça
E eu me rendo
A um milagroso dia...

Essa é a luz
Que eu preciso
Luz que ilumina
Cria e nos dá juízo..."



5 comentários:

Flávia D. disse...

huahauahauah...eu amo essa Marina!

Fábio Alves disse...

Muito boa essa história da foto! Hehehe...
Qdo puder, passa lá no meu tb!
FUI!

Iza disse...

Linda sua laranja!! Se queria te dizer algo, devia ser algo bem buni!!
Quanto ao comentário da Marina, genial!! Melhor ainda que o outro, das duas sandálias iguais... Adoro seus filhotes!!
Bjin

Ao Leite disse...

Minha princesa é tu-do, gurias!

*

Vou lá Fábio. Brigadão pela visita.

Abobrinhas Psicodélicas disse...

Adorei o diálogo!!

Um beijão.