segunda-feira, 2 de fevereiro de 2009

Prendas


O que faz você se sentir uma pessoa independente, poderosa? O que te dá aquela sensação gostosa (ainda que tão equivocada) de ser autossuficiente?

Quando eu era menina, achava que ser independente era dirigir. Dirigir e ganhar dinheiro.
Cá estou. Dirigindo horas por dia, ganhando algum dinheiro e, claro, reformulando alguns conceitos usando como critério aquela máxima de que "verde mesmo é a grama do vizinho".

Experimento vez ou outra essa sensação de poder quando faço coisas para as quais não tenho a menor aptidão. 

Neste final de semana por exemplo, me senti às margens do Ipiranga, vento no rosto, coração apertado no peito. Montada no meu cavalo branco, uma mão segurando firme as rédeas do meu destino e a outra... um pão. Sim, um pão. Igual ao repartido por Cristo. Melhor, com fermento. UM PÃO FEITO POR MIM. 

Nada de padaria e pão de forma no fim da tarde. 
Margarina derrentendo no pão caseiro, quentinho...
Juro, ficou tão parecido com o da mamãe.
E as crianças alimentando o monstro com elogios rasgados. 
Isso é que é poder!

Mudando de assunto, mas não muito... 

Ontem numa dessas lojas de departamento que tem em todo o país, presenciei uma cena que francamente, me assustou. 

Blecaute. Só as luzes de emergência ligadas.
No caixa, uma mocinha passando um sufoco medonho pra fazer os cálculos de troco.
Detalhe: Tinha calculadora manual sim. Só não tinha o programinha do computador que faz a continha e diz: TROCO: x. 

Uma conta de R$ 55, 97. A cliente dá uma nota de cinquenta e outra de vinte reais. A caixa não tem troco, precisa aguardar que alguém reponha. Chega o marido da cliente e pergunta à funcionária: Tenho uns trocados, quanto você acha que ajuda? Ela olha pro cara, olha pro computador, olha pro dinheiro e completamente em pane responde constrangida: Acho melhor a a gente esperar. Esperar trazerem o dinheiro do primeiro troco que ela tinha calculado, entendem? Pra não refazer a conta!!!!!!

É amigos, independência envolve operações simples de matemática.

Ps.: Sabe o pão? Eu fiz na máquina. Mas conta também, ?


2 comentários:

Nani disse...

Poderosa como sempre...em tudo, até no pão - zinho ou zão...!

Beijokas

Flávia D. disse...

Deixa eu te contar uma coisa: Quem fez o pão foi:

TCHARAAANNNNN!!!

A Máquina de pão!! huahauahuaah...
Mas você é uma menina super poderosa!!

bjinhos