segunda-feira, 20 de julho de 2009

Começando a semana


O conto do post abaixo eu escrevi na quarta-feira a tarde. Ele na verdade, é um sonho recorrente que eu tenho com um tio falecido num acidente há muitos anos. Não sonho que se sonha dormindo. Como um sonho de natal, entende? Como pensei nele naquela tarde toda, resolvi colocar no papel, e depois aqui. Mas acabei deixando pra postar na quinta.
Na mesma noite de quarta, perdi um amigo. Um homem jovem nos seus quarenta anos, cujo coração parou sem aviso, enquanto ele passeava com sua companheira.

Nos dois casos, se dizia (com justiça) nas cerimônias, que foram homens que amaram intensamente, e foram felizes.
Minha semana começa hoje, segunda-feira. Então, o grenal de ontem é parte da semana passada, ok? A cereja do bolo de uma semana ridícula.
Uma semana leve e feliz pra todos nós. De recomeços e boas notícias.
Update: Dia do Amigo! Hoje é dia do amigo. Um beijo, um cheiro, um abraço do tamanho do mundo pros melhores amigos do mundo: os meus.


2 comentários:

Abobrinhas Psicodélicas disse...

Engraçado, pouco antes de ir para Fortaleza estava esboçando um post sobre futebol e política para o "Abobrinhas" - espero terminá-lo agora - em que falo, dentre outras coisas, sobre o livro de um colega morto precocemente há alguns anos atrás, com trinta e poucos anos de idade. A morte nos fascina e nos amedronta, justamente por sua imprevisibilidade. Mas a vida segue e pior do que a morte física é morrer estando vivo, um pouco a cada dia, sem perceber que os dias passam. Quanto ao Gre-Nal, esqueçamos. Esta gente, de vez em quando, tem que ganhar alguma coisa. Pelo menos, no meu caso, o Vasco reencontrou o caminho das vitórias...

Bjs.

Ps. Belo conto o do post anterior. Na verdade, sabe quando é que morremos de fato? Quando não somos mais lembrados por ninguém. A memória perpetuada é a real chave de uma vida eterna.

Ao Leite disse...

Obrigada pelas palavrinhas. Mesmo. Ótima semana e feliz dia do amigo, hehehe.