sábado, 6 de novembro de 2010

Que hoje eu tô de bobeira...



"Podem os homens vir que
Não vão me abalar
Os cães farejam o medo,
Logo não vão me encontrar
Não se trata de coragem
Mas meus olhos estão distantes
Me camuflam na paisagem
Dando um tempo,tempo, tempo
Pra cantar..."

Nenhum comentário: