sexta-feira, 30 de março de 2012

Pra não dizer que não falei de ti

A você, perfeita criatura, sempre com o dedo em riste pra não deixar escapar nenhum pecado (dos outros);
ao “profissional” que teve a grande sacada de deixar de lado o ofício em si e passou a se dedicar a arte de lamber sacos; 
ao vizinho amargurado que odeia música, crianças, cachorros e “aqueles barulhos de noite”; 
ao chefe inseguro e pouco competente que está neste exato momento se equilibrando como pode sobre os pescoços de seus prepostos; 
a você mau político que ainda não decorou a sigla de seu novo partido mas vai gastar MINHA GRANA neste findi; 
a você que (colonizado até o último fio de cabelo) sinceramente acredita que tua cor, teu sexo ou teu dinheiro te faz melhor que alguém; 
a você que se ocupa arduamente de vidas que não a sua e que acredita piamente que nosso gramado é mais verde e que isso não é justo; 
a vocês todos um lindo final de semana, visse?!
E deixa eu explicar, não é que a gente do lado de cá (sim benzinho, são lados opostos) não perceba a tua presença. A gente apenas não se ocupa dela além do estritamente necessário.

Então, bom findi. Porque olha... Você tá precisando mais.


2 comentários:

Josemar disse...

Asssitindo ao clipe, vem a Laura e pergunta: Como tu sabe que eu gosto dessa música?
Eu tenho poderes filha, eu sou do lado de cá...

Ao Leite disse...

kkk, que ótima é a Laura.

Pudera, criados do lado de cá...