sexta-feira, 23 de março de 2012

Um post de adeus

Em noventa e cinco por cento dos dias, de dezembro (início oficial do verão, ainda trabalhando) até a semana passada (quando acabaram minhas férias) os pisantes foram esses. Pra quase tudo.
Teve um dia que não. Eu lembro. O “dia da fonte”. O dia da fonte daria uma boa história, mas levaria o que me redta de dignidade.
Mas nos dias mais felizes eram sempre eles: os chinelos.

Mas o mundo girou, o verão se foi e agora estamos aqui, vivendo os dias da despedida. Da despedida não, do até breve.


2 comentários:

Nani Binder disse...

É...agora tá na hora de bater a foto das pantufinhas :)

Ao Leite disse...

É... e esperar pacientemente o próximo verão. Bjo.